No castelo onde Michael Schumacher se casou


Foi onde eu almocei na sexta-feira (que exibida, eheh). Me senti chiquíssima, e gastei o equivalente ao almoço de uma semana no restaurante pertinho do instituto...

Petersberg hoje é uma casa para grandes recepções, conferências internacionais, e é aqui que ficam as figuras mais ilustres quando vêm a Bonn. Já passaram por aqui a Rainha Elizabeth II, Yasser Arafat, Bill Clinton, o rei da Etiópia, o Xá da Pérsia...

Alguns dos eventos mais importantes da história também aconteceram aqui, como a Conferência do Afeganistão, em dezembro de 2001, para decidir o que seria do país depois dos atentados do 11 de setembro. E durante quatro anos, de 1949 a 52, os Aliados se reuniram em Petersberg para decidir o futuro da Alemanha pós-guerra.

O castelo foi construído no século XII, era um monastério e permaneceu assim até o início do século XIX, quando todas as igrejas na Alemanha foram estatizadas - pois é - e depois privatizadas. Petersberg foi vendida para um banqueiro ricaço, que a comprou para dar de presente para a esposa como residência de verão... Foi reformado em 1936, quando deixou de ser monastério para virar castelo. Em 1978 foi vendido por 9 milhões de euros para uma família e transformado em casa de eventos, entre eles, o casamento do Schumacher. Tcha-ran!

Um comentário:

  1. Tá chique heim, Benhê!!! kkk
    Belíssimo lugar, valeu o preço do almoço...rs

    ResponderExcluir