Onde nenhuma outra erva daninha jamais chegou

Vesti a blusa e senti aquela espetada nas costas. Fui olhar e era uma porção daquelas bolinhas espinhentas que tem no gramado de casa. Dói...

Catei uma por uma, espetei os dedos, joguei-as fora e parabenizei pelos 11 mil km percorridos para perpetuar a espécie. Sua mãe ficaria orgulhosa.

4 comentários:

  1. Com certeza a mãe dela ficaria orgulhosa...como eu estou!!! Te amuuuu...bjs e saudades

    ResponderExcluir
  2. hueheuheuhe... eu só não vim para perpetuar a espécie! kkkkk... Tb te amo, mãe =)

    ResponderExcluir
  3. Vai nessa!!!! kkkk
    Sabia que ias interpretar assim.... kkkk
    A Carol chegou!!!
    Vamos trabalhar e depois de fechar os negócios planejar a viagem!!!kkkk
    Te amo meu bebê...
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Que linda a fábula da erva daninha! hsuashuas

    ResponderExcluir