Primeiras impressões

Fui acometida por uma felicidade indizível quando descobri que a janela do meu quarto abre para trás. É uma janela de vidro grande, maior do que uma porta, e eu achava que só dava para abrir uma fresta que o pobre do vento nem enxergava pra conseguir entrar... aí hoje, desesperada porque meu quarto tinha se transformado numa sauna, dei uns trancões na maçaneta até que ela abriu inteira para trás e o quarto refrescou na hora. Posso dizer que sou uma bolsista muito mais feliz agora.

Aliás, hoje foi uma compensação do dia de ontem, que os alemães definiriam como “schwer”. O lance da porta foi insuperável, mas aconteceram outras coisas legais. De manhã saí com o Crispin, que ficou encarregado de me ciceronear na parte burocrática. Paguei 55 euros numa carteirinha que me dá passe livre no metrô e em qualquer ônibus durante um mês. Comprei um chip novo pro meu celular (o chip não funcionou, amanhã tenho que ir lá ver o que houve) e me inscrevi na prefeitura – quando alguém vem morar na Alemanha, mesmo que seja por pouco tempo, precisa fazer um registro. A gente pega uma senha e demora tanto quando no Brasil.

Abri também uma conta no banco pra receber a bolsa. Foi hilário, eu tava lá sentada esperando, e a mulher do banco: "Frau Da Rosa?" Eu fiquei olhando pra ela sem entender. Ela me chamou de Senhora Da Rosa (que saiu algo como fráudarôssa), aqui eles chamam todo mundo pelo sobrenome. Se ela tivesse me chamado de Frau França eu já ia demorar pra responder, mas Frau Da Rosa ... kkkk... muito bom.

Descobri que o café da manhã é de graça e que posso almoçar por 4 euros num restaurantezinho muito bom perto daqui. Viva! Ainda não conheci porque no meio da correria acabei almoçando um sanduíche na Subway (quanta originalidade). Até passei por um carrinho de salsichas, mas não deu pude parar naquela hora e depois não encontrei mais.

Hoje tive minha primeira aula de alemão, fiquei no nível B2.1, o que é muito bom! Meus colegas são da Colômbia, Espanha, China, Turquia, Líbia, Arábia Saudita, França e Coréia do Sul. O pessoal é muito bacana. Os caras da Líbia me parabenizaram pela Copa das Confederações, eheh.

Que mais... hum, descobri que apesar de o banheiro ser coletivo, é bem tranquilo, não cruzei com ninguém até agora. Acho que moram poucas meninas no meu andar.

Ah! E na prefeitura me deram um bloco grosso cheio de entradas gratuitas para o circuito cultural de Bonn, museus, teatros, concertos, etc. Super!

Só a internet ainda não se redimiu, é péssima. Escrevo os posts no Word e quando consigo conexão, tenho que postar correndo. Vou começar a publicar posts menores, melhor pra quem escreve e pra quem lê.

Palavra do dia: abheben (sacar [dinheiro])

3 comentários:

  1. kkkkk....
    Parabéns "Senhora da Rosa" (eheheheh)!!!
    Pôxa sanduíche na Subway!!!
    E "o salsicha boch" ??? e "o chucrute"???
    rs

    ResponderExcluir
  2. genteeeeeee vc ta no quarto que a Leila, uma amiga minha do Goethe morava! ai que saudades. aproveite!

    ResponderExcluir
  3. Huahuahuah! Que maaaassa!! Quando cheguei, o menino disse que dei sorte, porque o 26 é o melhor quarto que tem =)
    Eheh, mundo pequeno. Beijão, Júlia!

    ResponderExcluir