50 mil habitantes, 29 mil jornais vendidos por dia

Assim é a vida no 'Dithmarscher Landeszeitung', o jornal onde a Katrin trabalha, no Norte da Alemanha. Duas pautas por dia, cinco dias de trabalho por semana e nada de horário fixo.

O diretor é como os nossos, só reclama. Heide, a cidade onde o jornal foi fundado há mais de 140 anos, está perdendo população - logo, leitores - para Hamburgo, principalmente jovens com nível de escolaridade mais alto.

Ainda assim eles têm uma tiragem diária de 29 mil exemplares em uma região de 50 mil habitantes. No Brasil, cidades desse tamanho nem pensam em ter jornal diário, muito menos secular.

Aqui chamam o editor de CVD (Chef vom Dienst, que na tradução literal significa chefe de trabalho). Se pronuncia 'cêfáudê'. Dependendo de onde se trabalha, a sonoridade é muito apropriada. Risos.

Veja mais sobre a viagem ao Mar do Norte no álbum de fotos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário