Censura ao umbigo brasileiro

Hoje desci pro café com uma "roupa de ficar em casa", porque mais tarde vou na Deutsche-Welle conhecer meus futuros colegas (viva!) e deixei pra me arrumar depois. Por acaso, estava com blusa de alcinha que aparecia o umbigo.

Quando entrei na cantina, a tia do café, dona Iris, me disse que eu não devia usar esse tipo de roupa, porque temos muitos árabes aqui, e eles podiam ficar ofendidos. Como eu gosto muito dela e não falo alemão tão bem que pudesse responder sem parecer rude, apenas concordei.

Mas fiquei pensando, se eu preciso aceitar que eles tratem suas mulheres como prisioneiras, cobertas da ponta do dedão até a cabeça, com um ferro que tapa a boca, o nariz e os olhos, como vi essa semana, por que eles não podem aceitar o meu umbigo?

Estamos em território neutro, e minha cultura merece tanto respeito quanto a deles. Ou não?

4 comentários:

  1. Concordo plenamente, Francis!!

    Se tu ficas à vontade com blusa que aparece o umbigo (e ficamos à vontade andando de biquini pelas ruas), por que tirá-la?!

    Então aí na Alemanha eles deveriam tirar aquelas roupas "estranhas" deles, porque nós brasileiros ficaríamos ofendidos?!?

    É, a tia da cantina ainda não está globalizada!! :)

    bjão!

    ResponderExcluir
  2. Eh Francis,

    esse teu depoimento mostra na verdade o preconceito da maioria dos alemaes. Os árabes (que nem sao tantos assim, ha muito mais turcos e libaneses, por exemplo) sao muito respeitadores das liberdades individuais. Sabem muito bem que na Alemanha nao eh a lei do isla quem manda. E levam isso numa boa. Eu pelo menos, em sete anos de Alemanha nunca vi um problema como esse que a tia colocou acontecer. Agora já vi namorado turco metendo a porrada na namorada na rua. Já vi neo-nazi agredindo punk, e um monte de alemao "cool" vomitar seus preconceitos mal resolvidos de um fascismo ainda latente e vivo em suas almas....

    ResponderExcluir
  3. senti uma inveja do umbigo lindo da Fran. mostra o umbigo e a língua pra tiazinha da próxima vez.

    ResponderExcluir
  4. Voce está certa, nossa cultura tambem tem que ser respeitada, este comportamento machista dos Àrabes não tem nenhum sentido em relação a humanidade no todo.Somos todos livres, homens e mulheres com direitos iguais em qualquer parte deste Planeta.Sómente a ignorância de algumas culturas é que ainda não alcançaram esta realidade.Beijãoooo da vó e não abre mão de tua liberdade.

    ResponderExcluir