E-ticket – mais uma trapalhada da Francis nos trens alemães

Eu só me ferro com a Deutsche Bahn. Comprei uma passagem promocional de Tübingen para Köln por 40 euros. Nem era tão barata assim, mas o preço compensava porque não tive gastos com a ida.

Resolvi comprar pela internet, porque aquelas maquininhas sempre me deixam confusa. Li que bastava imprimir o comprovante e apresentar junto com o cartão de crédito para o cobrador. Beleza.

Chego no trem, o papel que eu imprimi era o errado. Minha passagem não era válida. O cobrador até Manheim perdoou. O segundo meu deu três alternativas: 1) Não embarcar; 2) Pagar uma multa; 3) Comprar outra passagem.

Fiquei com a opção n. 3 e marchei com mais 51 euros só de Manheim até Köln. Baita prejuízo.

Então, quando você comprar tíquetes de trens na Alemanha pela internet, precisa abrir o e-mail que eles mandaram e imprimir o comprovante gerado NO E-MAIL - que vem com uma espécie de código de barras – e não no site da DB. Entendido?

3 comentários:

  1. Tá!!! podexá que agora já sei!!! kkk

    ResponderExcluir
  2. Mas que página foi essa que tu imprimiu guria?

    Eu já comprei passagens pela internet várias vezes, e sempre imprimi o comprovante gerado na internet (o com código de barras), nunca o do e-mail, e nunca tive problema nenhum com o "cobrador".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Então, a página que eu imprimi não tinha código de barras... =/

    Eu imprimi só o comprovante que dizia "Sua passagem foi comprada com sucesso" ou coisa assim... onde se gera esse código?

    Mas enfim, me disseram que eu posso reclamar e reaver meu dinheiro. Tenho que ir na DB.

    Beijo, Marcelo!

    ResponderExcluir