Eu queria ser uma árvore da Floresta Negra

só pra ficar lá 200 anos olhando para ela.

Fui com a Ute visitar seus pais, e fiquei absolutamente encantada com o Sul da Alemanha. O outono está chegando, e daqui duas semanas a floresta vai ficar toda colorida de vermelho, amarelo, marrom e cobre. E em poucas semanas mais, tudo branco.

O seu Kilian nos contou que no inverno passado nevou durante sete meses. A primavera dura apenas 8 dias, o outono duas semanas, e o verão os quatro meses e pouco que restam.

No segundo dia fizemos uma caminhada de 20 km pela floresta, e foi o seu Kilian, 75 anos de juventude, que nos guiou. Aliás, ele e a dona Mariana, com 80 anos, são um capítulo à parte. Quando a gente os vê, acredita no amor. Casados há 41 anos, ainda se dão selinho quando se veem (tão fofos). Até pouco tempo ela ia para as caminhadas também.

A casa onde eles moram tem 350 anos, uma típica casa da Schwarzwald (Floresta Negra), com as paredes construídas com plaquinhas de madeira, para espantar o frio. Eles reformaram tudo, só com a ajuda dos filhos e amigos. Hoje, seu Kilian diz: “Sem a minha mulher eu não conseguiria fazer nada disso”. Ela ri baixinho, fica toda boba.

Um comentário: