É, Bonn, gosto de você

Hoje, pela primeira vez desde que cheguei, andei a esmo em Bonn. A terça-feira amanheceu tão bonita que o povo desconfiou. Levantei cedo - aqui não consigo dormir muito, sei lá por que - e resolvi sair antes da hora pra olhar o dia.

Ia pela calçada ao som do vendedor de batatas e legumes. Só consegui entender lá pela terceira vez que ele berrou: "Kartofeeeeeeeeeeeeln, ooooooooooobst, ái ooooooooooobst", com uma sineta.

Desci na estação central e saí pela rua, dobrando nas esquinas que deu vontade. Na volta do trabalho, em vez de ficar 20 minutos parada esperando o trem, vaguei de novo. Vi Bonn vestida de amanhecer e de entardecer.

Descobri que a universidade é mais perto do que eu pensava, e que na parte de trás tem um gramado onde as pessoas deitam ao sol. Estudantes, velhinhos, cachorros, malabaristas. E bem ao lado fica o bar na beira do Reno, aonde todo mundo gosta de ir.

Também encontrei a livraria que vende os mapas que quero, a loja que vende crédito pro meu modem e duas Starbucks.

É, Bonn, gosto de você.

p.s.: coloquei fotos novas na galeria. Para ver clique aqui.

4 comentários:

  1. Hello, estou adorando acompanhar sua viagem, e ver que belo desempenho.Que orgulho de você menina! Desejo-lhe cada dia mais sucesso.
    Bjs...
    Carmem.

    ResponderExcluir
  2. Olá Francis !
    Em minhas peregrinadas pelo google atrás de informações sobre testes de alemão e bolsas na Alemanha caí no seu blog!
    Gostei demais, li até cansar...rs..
    Eu adoro a Alemanha, mas infelizmente juntando as vezes que eu fui não dá nem 5 meses no total. Estudei alemão por um bom tempo, mas tá muito estagnado, pois não pratico muito por aqui. Eu sou médica recem-formada na UFMG, e ao contrário dos meus colegas que sonham em começar Residencia ano que vem, eu sonho em ganhar uma bolsa pra fazer mestrado, doutorado, qualquer coisa por lá... Gosto muito de línguas em geral, escrever... Até vou fazer vestibular pra Letras esse ano, pra eu me consolar em 2010 caso nada dê certo. Andei fuçando algumas bolsas que você mencionou... todas para jornalistas.. aiai... Em relação a do Heinz-kuehn-stiftung, eles pedem experiencia em jornalismo, preferencialmente tendo feito graduação nessa área. Voce vê alguma chance de eles chamarem alguém de outra área, mas absurdamente bem-intencionado? rs...
    Enfim, se souber de algo útil para mim (provavelmente o mais longo comentário no seu blog), ficarei muito feliz.
    Parabens novamente pelo blog e sucesso !!
    Meu email é anacristinachaves@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. 1)Carmencita!!! Que coisa boa receber recadinho seu! Obrigada pela visita, querida. Espero que esteja tudo supimpa com você aí na nossa ilha mágica. Beijos mil! =)

    2)Oi, Tina! Que legal que você gostou do blog! Visite sempre que quiser. =) As bolsas da Fundação Heinz-Kühn são realmente só pra quem já tem alguma experiência como jornalista. Mas pessoas absurdamente bem intencionadas sempre têm sucesso! Tem bolsa pra você aqui, sim, com certeza. E na área da saúde a oferta é bem maior do que em humanas. Vejo muitos médicos de origem árabe com bolsa de especialização aqui. Vou escrever pra um ex-colega que é médico e tem bolsa aqui pra ver como ele fez. Você já deu uma olhada nas bolsas do DAAD? Seguem alguns links que talvez possam te ajudar:
    - http://rio.daad.de/
    - http://www.dw-world.de/dw/0,,7147,00.html (aqui tem bastante coisa, se eu souber de mais alguma oportunidade, te escrevo, ok?)
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  4. Fran, me encantei com esse post porque consegui visualizar toda a cena. Já estive aí e fiz esse percurso pelo gramado em frente à universidade. Fotografei as dezenas de bicicletas no estacionamento e caminhei pelo Reno até chegar a um parque que agora não lembro o nome, mas parecia as colinas verdejantes dos Teletubies. Saudades de vc, bjos Cléia

    ResponderExcluir