Uma nação de faz-tudo

Na Alemanha, quando você sai para ir no cabeleireiro, você não avisa em casa: "Vou cortar os cabelos" (Ich werde meine Haare schneiden). Você precisa de combinação especial de verbos para isso, o schneiden lassen, que seria mandar cortar o cabelo.

Quando me falaram, achei uma tolice. Ora, é obvio que se vou cortar o cabelo é porque vou mandar cortar.

Agora já entendo perfeitamente a utilidade do lassen. Se um alemão disser para você que ele vai construir uma casa, em vez de "mandar construir", pode apostar que não tem nenhum pedreiro nessa história.

Eles constróem casas, consertam bicicletas, estofam sofás, e se a obra deixou entulho na frente de casa, são eles que levam até um depósito, pagam para entrar e descarregam a carga sozinhos.

Esqueça frentista, lava-car, zero-entulho, carregador de malas, entrega das compras do supermercado em casa. Você está no país do "deixa pra mim", como dizia o vô França.

Um comentário:

  1. Acho super legal comparação que você faz com o vovô, hj a gente entende de uma forma bacana o que ele dizia, bjs.

    ResponderExcluir